Uma dúvida muito comum que persiste em grande parte da população e, por esta razão, viemos esclarecer e tentar trazer um pouco mais de informações para nossos leitores e clientes. Vamos lá!

Antes de tudo, é necessário explicar que existem diversas espécies de moscas por aí. Porém, trataremos sobre a mais comum na zona urbana, pois ela se adapta muito bem ao nosso ambiente. Estamos falando da temida e nojenta mosca doméstica!

Seu nome científico é musca domestica e esse pequeno inseto, apesar do tamanho, pode trazer consigo uma grande variedade de microrganismos patogênicos como vírus, bactérias e protozoários para nós humanos e também para os animais domésticos. Isso tudo e muito mais é pelo motivo de sua fácil reprodução e a intensa capacidade de dispersão. Olhe só a foto da danada logo abaixo:

11

Mas vamos ao que interessa né? As moscas são insetos muito sujos, são capazes de transmitir diversas doenças aos seres humanos. A transmissão se dá, justamente, porque elas costumam pousar em lixos, fezes, animais mortos, superfícies sujas, etc. Depois disso, colocam as patas em nossos alimentos.

E não para por aí, pois como não conseguem se alimentar de comidas sólidas, é essencial que cuspam um líquido no alimento, para que esse fique pastoso e ela consiga engolir! Ou seja, é como se vomitassem em nossa refeição! E se
não bastasse, as fêmeas ainda podem depositar os ovos, razão pela qual são chamadas de moscas-varejeiras.

E afinal, o que tudo isso causa? Podem causar problemas de saúde, como intoxicação alimentar, infecções respiratórias, cólera, diarreia, disenteria e febre tifoide.

Então, o que você deve fazer para prevenir esse tipo de incômodo?

Em um estudo realizado em algumas indústrias do Grande ABC, São Paulo, foi identificado a presença em média de 26% de dípteros (fazem parte moscas, mosquitos, varejeiras, pernilongos, borrachudos e mutucas) em armadilhas luminosas que empregam como fonte a luz UV, por um período de um ano, sendo que esta pesquisa fez citação a ocorrência de Mosca doméstica em relevância da maioria dos insetos capturados.

Por isso, adquirir as nossas armadilhas luminosas, com qualidade exclusiva e grande eficiência é o melhor caminho para evitar a contaminação que esses insetos nos trazem. Qualquer dúvida, é só entrar em contato e explicaremos
como funciona para você!

unnamedunnamed 1unnamed 2

 

 

Referências Bibliográficas:

TOLEDO, Karina. Moscas varejeiras carregam alta porcentagem de
bactérias que causam doenças em humanos. Campinas, 2014. Disponível
aqui. Acesso em 07 de janeiro de 2021.

SILVA, Ivana. Moscas. Disponível aqui. Acesso em 07 de janeiro de 2021.

FAGIOLLI, Márcia Cardoso. REVISÃO BIBLIOGRÁFICA DAS
METODOLOGIAS UTILIZADAS NO CONTROLE DE Musca domestica L. Rio
Claro, 2012. Disponível aqui. Acesso em 07 de janeiro de 2021.

Compartilhar: